As dúvidas e angustias de uma mãe de primeira viagem quando descobre que o seu tesouro é especial...

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A MINHA GATA É AUTISTA!!!!!!!!!!!!

É verdade, gente. Olhando para a bicha do demónio detecto nela grandes indícios de autismo.  
E tenho provas!!! Não acreditam? Bah! Ora vejam!

Um dos grandes sinais de alarme no autismo é o interesse exagerado e obsessivo por uma actividade repetitiva.
  • objectos que produzam movimento, sobretudo repetitivos: máquina de lavar roupa? Horas de observação atenta...
  • luzes ou objectos brilhantes: pobre árvore de Natal! Entre Diogo e Mia, não imaginam o que sofreu nestes dias. Todos os dias recupero enfeites de Natal, escondidos em sítios estranhos... debaixo do sofá, por exemplo! Xiiii, mente suja...
 
  • números e ordenações numérica e/ou desenhos e símbolos gráficos repetitivos: o Diogo brinca com números e letras. A Mia? Também? Desde que desperte interesse no puto, a gata adora. Peças pequenas ou grandes, de espuma, plástico, cordéis, carrinhos que ocasionalmente saem do cesto (o que é raro, porque não têm letras!), tudo serve! E se fizer barulho, melhor!!!!
 
E a pista do Pocoyo? É a loucura de um e outro... mesmo sem letras ou números, nenhum dos dois resiste a tentar destruir o dito brinquedo.  

video

Então? É ou não é autista???

Não. Não enlouqueci completamente. Ainda...
Há dias em que me apetece brincar com a coisa.
Quem sabe o dia não passa mais rápido?

Bom Ano a todos.


4 comentários:

  1. eh eh eh sabes que há uns livros que dizem que os gatos têm asperger? Se calhar até é mesmo!! Eu acho que já estávamos fadadas a ter seres especiais nas nossas vidas :) os meus gatos também eram assim: um era obsessivo-compulsivo com a limpeza (andava apenas em locais a-b-s-o-l-u-t-a-m-e-n-t-e limpos e adorava ficar horas a fazer somente os mesmos movimentos e o outro tinha um comportamento desviante (brincava com cocó seco)... Vê lá tu que até os gatos tinham o seu quê de necessidade especial :)

    Adoro a foto da árvore com o piolho e a gata. Linda!

    ResponderEliminar
  2. Eu sempre disse que o meu filho era como os gatos :) especialmente a parte de so dar mimos qd quer... apesar de agora estar a ficar mais tipo cachorrinho mimalho sempre a pedir
    miminhos...

    ResponderEliminar
  3. Se a gata é autista ou não, não sei, mas que é lindo ver os dois juntos a brincar, isso é.
    Também tenho um gato, mas não se dá muito bem com os meus filhos, foge-lhes a sete pés, também pudera, passam a vida a tentar "depená-lo".

    ResponderEliminar
  4. Ahahahah! Muitos parabéns! A Daniela é uma mulher espectacular!

    ResponderEliminar

Tenho que falar... senão dou em doida!

Todos dizem que está tudo bem mas o meu mundo desaba num segundo... Decidi escrever um blog (porque não?), onde vou desabafando e limpando a alma.

Quantos pais não estarão na mesma situação? Ter um filho diferente e não ter certeza de nada? Receio do futuro? E quanta ansiedade muitas vezes não significa NADA? Ou seja, passar 5 ou 6 anos com o coração nas mãos e depois está tudo bem, era só "uma questão de ritmo"? No meu caso, ainda continuo com a malvada incerteza, mas quem sabe...

E porque não desabafar aqui também? Terapia gratuita...
comentários, agradecem-se!